O que aprendo com as crianças.

o que aprendo com as crianças luciano viana coach
Quem me conhece sabe da minha paixão pelas crianças e, cada vez mais, eu entendo os porquês. Um deles está relacionado a criatividade de nossos pequenos amigos.
Você já percebeu que para uma criança não há limites para a imaginação?

Para quem tem filhos, sobrinhos ou afilhados, sabe que se você pedir para eles mudarem um sofá de lugar para vocês brincarem (por mais que muitas vezes o sofá seja 20 vezes mais pesado que as crianças), eles farão de tudo e mais um pouco para conseguirem. É como diz um dos meus personagens favoritos, o Buzz Lightyear: “Ao infinito… e além”, tudo é possível.

No exemplo acima, percebam que a crença do Buzz e das crianças em seu potencial é fundamental para o resultado. Trazendo isso para o tema de hoje “criatividade e inovação”, creio que a melhor pergunta para nossas equipes não é se somos criativos, mas como somos criativos? Ou seja, quais são a estratégias que utilizamos para despertar a criatividade. Digo isso porque a habilidade criativa também pode ser desenvolvida.

No coaching de equipes utilizamos diferentes maneiras para incentivar a criatividade. Uma das ferramentas é a Estratégia de Criatividade Disney, desenvolvida por Robert Dilts, na qual ele estudou a maneira que Walt Disney fazia para ser criativo e inovador em seus projetos. Em resumo, Walt assumia três formas de pensar ao desenvolver as ideias e a efetividade do processo estava no foco dos papéis aplicados em diferentes momentos:

1) sonhadora
2) realista
3) crítica

Pense por um instante: você já participou de reuniões onde alguém dá uma ideia e automaticamente ela é criticada por outra pessoa? Pois então, na Estratégia de Criatividade Disney isso não ocorre porque os papéis são claros. Há o momento de sonhar sem limites, o de planejar, estabelecer prazos e metas e também o de identificar possíveis falhas. Vale a pena conhecer um pouco mais o tema. Os resultados são reveladores!

Por enquanto, sugiro alguns comportamentos que certamente aumentarão o potencial inovador e criativo dos membros da sua equipe:

1) Acreditar no potencial criativo de todos.
2) Descansar corpo e mente. Relaxar!
3) Ser curioso: quanto mais referências, bagagem cultural e experiências os membros da equipe tiverem, melhores serão as ideias.
4) Saber ouvir e não julgar: qual é a lente está sendo usada para enxergar? Mude as lentes e mudará a visão…
5) Divertir-se!

E, para terminar com chave de ouro, lembre-se de um dos lemas mais importantes para a criatividade:
“Só leva a vida a sério quem tem senso de humor.”

Um abraço e até a próxima!
Luciano Viana

FacebookTwitterLinkedInGoogle+
12/09/2016 - Autor: Luciano Viana
Voltar à categoria Equipes
posts em:
Mais Sobre
Cadastre-se e receba as novidades:
Autores
  • Luciano Viana

    Coach e trainer pela International Coaching Community

    São Paulo - Brasil

  • Dr. Karyn Trader-Leigh
    Consultant and ICC
    Certified Coach

    Washington, D.C. - EUA
  • Karina Pittini Braz

    Licenciada en Psicología y ICC International Trainer

    Montevideo - Uruguay

Vídeos
[+] Ir para vídeos
Ferramentas
-->